biablack - confesso que vivi

Exposição
Confesso que Viví "testemunhas de minha existência"
 


 

 

Confesso que vivi*   Bia Black

Olívio Guedes

Curador

 

Alegria de Viver...

Bia Black no seu traje apresenta o caminho Trajetória...

A questão do movimento...

O movimento traz inato o fazer, na sequência o desfazer e na consequência o refazer

Guardamos... Memória é a faculdade de conservar estados de consciência associados

Ligações que palpitam no espírito de experiências; porém, as camadas não são uniformes sobre a superfície, a substância entreposta ou sobreposta, à porção de matéria, depende da consideração do sentimento, a espessura é uma característica própria de um critério de finitude onde mora a impermanência

Nesse momento a ópera é de regozijo

A Vida pulsa... Impulsa, pois confessus é a aceitação de auto autoria que vivi e vivo na participação em algo total-superior... D´us.

 

 

Confesso que Viví
Local: Galeria de Arte A Hebraica
endereço: Rua Hungria, 1000
data: 26 de outubro a 17 de novembro de 2019